A dor

Professora humana, detentora de razões para existir; Ou apenas, uma consequência de ações. Intrínseca ao próprio viver, coexistente desde o início da vida. Presente às vezes até quando ausente; Uma constante neste mundo. Não há cursos que te preparem para sentir Nem conselhos que a arranquem. É preciso coragem para encará-la de frente, E impulso … Continue lendo A dor

Um sonho poético

Em sonho vi o mar Senti a brisa da noite chegar Sentada à beira-mar. Assisti o Sol se pôr E a luz não se apagar O brilho da lua veio iluminar Lá está ela, bela, Deusa. Vi nascer o luar Seus fios de luz prateada Iluminam as águas e o meu olhar. O mar que … Continue lendo Um sonho poético

Caixa de Sonhos

Tenho uma caixa de sonhos Para sempre me lembrar de cada um. Nela também guardo a esperança  De ver realizar-se um por um.  Nesta caixa também guardo sentimentos Memórias de muitos momentos Presentes do meu Salvador.  Nela o tempo é diferente e O Amor é latente  É uma rosa dos ventos que me guia Na … Continue lendo Caixa de Sonhos

A necessidade da poesia

Como diria Rubem Braga, escritor, jornalista e cronista brasileiro: “A poesia é necessária”. Em tempos de medos, angústias e incertezas, o qual todos estamos atravessando neste mundo, a poesia ancora esperanças em nossos corações. Ela é como um ar puro que nos auxilia. Ao respirarmos a poesia, ela oxigena a nossa mente e nos faz … Continue lendo A necessidade da poesia

Ser um buscador

A poesia e a palavra O sentimento e a ação; Um gesto, o coração, O amor, a gratidão, A esperança, o perdão, A paz e a imensidão; O Reflexo, Universo em expansão. Caminho de cada um, O tempo, um mestre; O olhar e a percepção, O bem e a transformação, O mergulho interior; Conhecer a … Continue lendo Ser um buscador

Jardim Primaveril

Setembro floriu A chuva regou A primavera há de chegar. Flores hão de desabrochar Entre perfume, cores e flores Passarinhos a cantar. Sementes hão de brotar Podemos também plantar Cuidar, zelar Crescer e aprender Neste jardim primaveril. Há de brilhar a luz do Sol Há de brotar a água da vida É a terra sempre … Continue lendo Jardim Primaveril

Memórias

Tanto a viver, tanto a lembrar. O que iremos recordar? O que realmente nos lembraremos? O que ficará gravado em nós? Lembrar também é eternizar. Acessar, sentir e rever. Guardar em si. Ter a memória do que se viveu, do que viu, sentiu, ouviu. Memórias afetivas, olfativas, de paladar. Memórias visuais, memórias de histórias vividas, … Continue lendo Memórias

Caixa do tempo

Abri minha caixa do tempo Revivi memórias  Vi fotografias Contei histórias Sorri sem medidas Encontrei amizades Construídas na estrada. Pela vida caminho Mas, nunca sozinha Levo comigo a alegria Dos encontros e reencontros benditos, Escritos e registrados na alma.  Há poucos dias escrevi esta poesia e dedico a todos os meus grandes amigos da vida. Gratidão … Continue lendo Caixa do tempo

Ela é

Ela é mãe Mas também é mulher No coração é a mesma menina Sonhadora e de fé. Atravessou desertos Chorou marés Engoliu águas salgadas Do caos ao cais Calejados pés Quantas vezes levantou-se? Acolheu a solidão e caminhou Novos ares, respirou Até que o amor encontrou. De medo já paralisou Sua intuição já lhe salvou … Continue lendo Ela é

Lunar

A lua nova inspira Brilha alta no céu E aqui dentro de mim. Renova, reinicia Um novo ciclo Recomeçar é preciso. Tempo de semear Inovar o ser Reintegrar E por que não, rever? Transformar Trilhar um novo caminho Adentrar-se profundamente Se energizar Iluminar-se.  - Vanessa Pinheiro. Como escreveu o poeta português Teixeira de Pascoaes: "Sem … Continue lendo Lunar