Ela é

Ela é mãe

Mas também é mulher

No coração é a mesma menina

Sonhadora e de fé.

Atravessou desertos

Chorou marés

Engoliu águas salgadas

Do caos ao cais

Calejados pés

Quantas vezes levantou-se?

Acolheu a solidão e caminhou

Novos ares, respirou

Até que o amor encontrou.

De medo já paralisou

Sua intuição já lhe salvou

O sol sempre brilhou

E sua íris iluminou.

A dor já lhe rompeu

Seu sangue renovou

O espírito renasceu

E em seu coração brotou uma flor.

Seu caminho então mudou

Sua vida se transformou

Seu destino? O que for

Terá a luz do esplendor

De um novo alvorecer

A plenitude de apenas ser.

Vanessa Pinheiro.

(Poesia escrita dia 09/06/2019)

Parafraseando o poeta Paulo Leminski, em seu poema Razão de Ser, eu também “Escrevo porque preciso…Escrevo porque amanhece… Eu escrevo apenas…”.

DSC_0914.JPG

Fotografia registrada na Trilha do Poço do Pito, Parque estadual da Serra do Mar – SP.

 

Anúncios

2 comentários em “Ela é

Deixe uma resposta para Vécio Pinheiro Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s